As bem-aventuranças do vocacionado



O convite que Deus faz a cada pessoa é um convite de amor e, ao mesmo tempo, de responsabilidade com a própria vida que Ele nos deu. Para Deus, somos importantes. Prova disso é que Ele tem um projeto salvífico para cada um de nós. Diante disso, é interessante quando nos deparamos com a seguinte pergunta: Qual o sentido da minha existência?

Buscamos sempre sentido para tudo que vivemos e experimentamos, mas só encontraremos a resposta para tal pergunta quando realmente nos colocarmos diante do Senhor da vida e de seu mistério.

Quando Jesus fala aos seus discípulos que eles devem ser sal da terra e luz do mundo, há uma provocação e uma proposta de estilo de vida diferenciada em meio à sociedade, pois o cristão deve ser esta presença que dá sabor, vida e presença iluminadora, mas esta luz deve vir sempre de Cristo, o sol da Justiça. A luz que trazemos, nós a recebemos no dia do Batismo. Neste dia também recebemos do Espírito Santo a unção vivificante de Deus.

O cultivo da presença de Deus em nossa história nos norteia rumo à santidade. Mesmo em tempos difíceis, a voz de Deus não se cansa de sussurrar em nossos ouvidos e em nosso coração, pois esta voz vem do Pai amoroso que cuida de cada filho e quer estar em eterna comunhão conosco. O coração de um vocacionado precisa ser terra fértil à espera da Palavra de Deus que cai no mais profundo do nosso ser, trazendo a potencialidade de uma transformação em prol da eterna união com Deus. Porque são chamados a estar sempre unidos ao Senhor, os vocacionados são também bem-aventurados. Diante disso, apresentamos dez bem-aventuranças que considero imprescindíveis na vida de todo e qualquer vocacionado que busca realizar em sua vida a vontade do Senhor, que quer que sejamos santos como ele também é santo:

1. Bem-aventurados os que cultivam a vocação à qual Deus os chamou, porque encontrarão o sentido de sua existência.

2. Bem-aventurados os que escutam a voz de Deus, por ela são fecundados e a fazem frutificar em sua vida, pois estão acolhendo o projeto do Reino.

3. Bem-aventurados os que agem com generosidade para com os pobres, porque de Deus receberão o cêntuplo.

4. Bem-aventurados os que enxugam as lágrimas dos sofridos, porque Deus também os consolará.

5. Bem- aventurados os que lutam pela justiça, porque de Deus receberão a justa sentença.

6. Bem-aventurados os que abrem os olhos aos cegos, porque de Deus receberão a luz eterna.

7. Bem-aventurados os que anunciam o Evangelho, porque de Deus receberão a salvação que esperam.

8. Bem-aventurados os que promovem a reconciliação, porque de Deus receberão o perdão de todos os seus pecados.

9. Bem-aventurados os que cuidam dos migrantes, porque de Deus receberão morada no Reino celestial.

10. Bem-aventurados os que amam os pequenos e marginalizados, porque por Deus serão eternamente amados.

O Senhor nos conceda a graça de pôr em prática cada uma destas bem-aventuranças e assim vivamos plenamente nossa vocação de sermos seus filhos muito amados.

Pe. Robson Araújo, C.Ss.R. Promotor Vocacional da Província do Rio

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo