Procissão encerra Oitava de São Geraldo

A Procissão Solene encerrou no domingo as comemorações da Oitava de São Geraldo, realizada em Curvelo (MG), e cujo marco inicial aconteceu no dia 24 de agosto. O cortejo deixou a Basílica logo após a missa das 16 horas e retornou à Praça às 19 horas e 30 minutos, com o andor de São Geraldo sendo recepcionado no corredor central, em frente ao altar, sob uma explosão de fogos de artifício.

 

Do altar, Padre Maikel Dalbem, C.Ss.R. fez exortações e cantou em louvor ao Santo, estimulando os fiéis a aumentarem ainda mais a onda de emoção em meio às luzes das máquinas de filmar e ao espocar dos flashes. Todos de pé, tomando inclusive parte do altar onde estavam os padres redentoristas, seminaristas, o reitor da Basílica, Pe. Paulo Roberto Gonçalves, C.Ss.R., o Superior Provincial da Congregação Redentorista MG-RJ-ES, Pe. Vicente de Paula Ferreira, C.Ss.R. e o Bispo Auxiliar de Aparecida (SP), Dom Darci José Nicioli, C.Ss.R.

 

Cinco minutos depois, com a imagem de São Geraldo voltada para os fiéis, Pe. Maikel pedia para que primeiro somente batessem palmas. Em seguida, que agitassem as bandeirinhas, enquanto o sino da Basílica repicasse, em um momento de comovente beleza. Então, pediu que voltassem a entoar “a prece bonita a São Geraldo”, que voltou forte, a plenos pulmões em nova explosão de emoção e fé: “Rogai por nós, São Geraldo, São Geraldo. Rogai por nós, São Geraldo, São Geraldo. Rogai por nós, São Geraldo, São Geraldo”. Pe. Maikel congelou a onda com o pedido repentino para que fizessem silêncio, prontamente atendido, e para que se colocassem “na presença de Deus através do querido irmão Geraldo”.

 

Dom Darci falou em seguida, reafirmando palavras proferidas no comentário do Evangelho da celebração das 9 da manhã. Relembrou que foram “nove dias, a Oitava e mais o dia de hoje, da festa maior, com dias de bençãos, de graças que não devem acabar agora, mas continuar”. Segundo ele, cada um deve retornar para casa e para sua família levando adiante o compromisso da benção recebido e com a graça no coração, senão, nada acontecerá. Pediu para que os fiéis levantassem a mão direita em direção à imagem de São Geraldo no andor para responder a algumas perguntas, se realmente acreditam em Deus Pai Todo-Poderoso Criador da Terra, em Jesus Cristo seu Único Filho, no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na Comunhão dos Santos, na Remissão dos Pecados, na Ressurreição da Carne e na Vida Eterna.

 

Diante de todas as respostas positivas, pediu que então colocassem a mão direita no coração e prosseguiu com outras questões, se renunciavam à ilusão dos bens materiais, à mentira, à desilusão e ao demônio. Após receber respostas afirmativas, pediu perseverança aos fiéis e que colocassem as mãos para cima e rezassem com ele: “Salve Rainha”.

 

Após a oração, fez um breve parêntesis para falar da importância de se preservar a Basílica de São Geraldo. Destacou que “além da tinta, da representação das figuras e da beleza nas paredes, estas paredes estão impregnadas de oração, há mais de cem anos, de nossos bisavós, avós, pais, e devemos legar isso para nossos filhos e netos”. Dom Darci Nicioli declarou ainda que “a Basílica foi para muitos a porta do céu e hoje vivem entre os anjos. Tiveram que passar por esta porta”. Assim, exortou os fiéis para passem adiante, honrem e divulguem essa devoção”.

 

Padre Paulo e Padre Vicente, em seguida, fizeram os agradecimentos e Dom Darci fez a benção final com a relíquia de São Geraldo na mão, após pedir a presença dos padres e seminaristas ao seu lado. Eram 20 horas e 10 minutos quando os foguetes coloriram o céu de Curvelo, transbordando os corações já plenamente abastecidos. 

 

Veja mais Fotos!


Fonte: www.basilicasaogeraldo.org.br

Please reload

Destaque

Segundo Noviciado Redentorista

January 22, 2020

1/10
Please reload

Notícias recentes

Please reload

MÍDIAS SOCIAIS

 

Notícias

Acompanhe todas as notícias do Secretariado Vocacional Redentorista