Juventude Redentorista renova o compromisso com a fé

MEDITANDO SOBRE O MISTÉRIO DA ENCARNAÇÃO

 

O Retiro da Juventude Redentorista, em Belo Horizonte (MG), priorizou a manhã do sábado (14/12) para promover uma reflexão no grupo. O Superior Provincial, Pe. Vicente Ferreira, C.Ss.R., coordenou a meditação sobre o presépio. Para iniciar o mergulho no mistério da encarnação, diante das imagens de José, Maria e do menino Jesus, a juventude recitou e cantou a poesia de Santo Afonso “Tu vem lá das estrelas”, a canção mais cantada na Itália, na época de Natal. “Podemos perceber a sensibilidade de Santo Afonso, fundador da Congregação Redentorista, que descreve toda a realidade do presépio, da vinda de Deus, nesta poesia”, disse Pe. Vicente. Os jovens contemplaram a imagem de Jesus, que foi passada pelas mãos de cada um.

 

O Provincial interagiu com os jovens, estimulando um diálogo sincero sobre a carne humana como morada de Deus no contexto da atualidade. “Levem com vocês este mandamento missionário: descobrir na sua própria vida a morada de Deus e cultivar sua existência como solo sagrado. Para ser missionário do amor de Deus é importante também ir às ruas, sair de si, dar testemunho”, destacou Padre Vicente.

 

Em um segundo momento, o Missionário Leigo Redentorista, Ângelo Farias, propôs um aprofundamento no tema do retiro. “À luz do presépio, queremos aprender a arte de sermos pastores de nossas vidas. E para isso, temos que ser simples e gentis. Todo Redentorista é simples! É uma marca nossa e que vocês, jovens, não podem perder, pois nós aprendemos com o menino Jesus. Como bom pastor, devemos ter a dimensão do cuidado, especialmente em nosso interior”, relatou Ângelo. Ele destacou, ainda, três ensinamentos essenciais: “Ir ao encontro do presépio, entendendo que é preciso crescer como pessoa; ler os sinais do tempo, aprendendo a viver a sua realidade; e ser, como Juventude Redentorista, portador de esperança”.

 

Em seguida, os jovens foram convidados a explorarem a natureza e a estrutura que a Casa de Retiros São José oferece para um momento de meditação pessoal. Após esse tempo individual, os participantes voltaram ao anfiteatro para uma partilha com os colegas. Para o jovem Max Mendes, da Unidade Glória (Juiz de Fora - MG), o depoimento dos colegas fomentou ainda mais a reflexão proposta para o dia. “Achei muito dinâmico e participativo. Contribuiu para meu crescimento como cristão, principalmente por estar dentro da espiritualidade Redentorista”, declarou.

 

OFICINA DE CARTÕES DE NATAL

 

“Depois da reflexão, somos convocados a ‘colocar a mão na massa’”. Foi assim que a Missionária Leiga Hilda Farias iniciou a proposta da oficina de artes. Os jovens foram convidados a usarem a simplicidade e a criatividade na confecção de cartões de natal artesanais e levá-los para sua comunidade ou a outros jovens que eles conheceram neste ano, durante os diversos encontros da juventude. “Nesta época do Natal, tão bom quanto ganhar um presente é fazer um presente carregado de amor, de carinho e até de simplicidade para dar a alguém especial. O grande desafio de hoje é trazer essa simplicidade do menino Deus para o nosso cotidiano, mas ao mesmo tempo, a grandeza de seu amor”. Segundo Joana d’Arc Rabelo, que conduziu a oficina, o objetivo era trabalhar a temática do presépio, utilizando decoupage, serragem, textura e outros materiais na composição dos cartões. “A criatividade foi toda dos jovens. Nós só demos o ponto de partida de como pode ser feito, mas deixando livre para eles criarem”, disse Joana.

 

Os participantes foram divididos em 10 grupos e contaram com o auxílio de leigos redentoristas, colaboradores e seminaristas. Além de Joana, Margareth, Virgínia, Zazá, Nádia, Ângelo, Hilda, Marcos, Robson e Gleison auxiliaram os jovens na oficina. No final, os cartões feitos pelos grupos foram organizados em uma exposição no salão principal da Casa de Retiros.

 

Para Daniel Diniz, jovem da Igreja São José (Belo Horizonte - MG), a experiência foi além do propósito inicial, proporcionando uma integração maior entre os participantes. “Achei importante porque o pessoal não se preocupou só com a proposta de fazer o cartão, teve uma interação com os jovens das outras unidades, já que os grupos foram formados com pessoas do Rio, de Minas e do Espírito Santo. Nós administramos os conflitos que apareceram e conseguimos chegar ao objetivo final”.

 

TEATRO, MESA REDONDA E LUAU NATALINO

 

A noite de sábado foi destinada à cultura e ao lazer, mas também de forma reflexiva. Primeiramente, houve a apresentação da peça teatral “EU”, escrita e interpretada por Geuder Martins, com poemas do próprio autor e também de Paulo Leminski, além de músicas do seminarista Marcos Paulo, executadas por integrantes do Grupo Trilhares. O monólogo refletiu sobre o narcisismo contemporâneo e seguiu com o tema após o teatro, através da mesa redonda composta pelo Pe. Vicente, Geuder e a psicóloga Rosalina dos Santos Pitanguy, que também é Missionária Leiga. Na oportunidade, os jovens relataram suas impressões e discutiram sobre a temática proposta.

 

“O ser humano está muito ligado à sua imagem, hoje vivemos uma era de aparências. O personagem da peça passa, o tempo todo, por um momento de exibição do seu ser, de uma autocontemplação e percebe que isso vai afastando ele das outras pessoas. Acho importante trazer isso para os jovens refletirem, ainda mais com o uso da tecnologia. Ao invés de nos unirmos às outras pessoas, acabamos nos afastando por egoísmo”, afirmou Geuder.

 

Logo após, em clima de confraternização, foi realizado o Luau Natalino, com apresentações de todas as unidades, através de músicas e poesias, inspiradas na espiritualidade do presépio. A criatividade e animação dos grupos marcou a noite festiva. No final, os jovens foram presenteados com camisas do Ano Vocacional Redentorista.

 

MISSA NA IGREJA SÃO JOSÉ

 

No domingo (15/12), a Igreja São José acolheu a juventude para a celebração eucarística, que foi presidida pelo Pe. Flávio Leonardo, C.Ss.R. e concelebrada pelos Padres Vicente Ferreira, C.Ss.R. e Waldo Pignaton, C.Ss.R. Em sua homilia, o Provincial citou duas frases das leituras do III Domingo do Advento e pediu aos jovens que as levassem em seus corações: “A primeira citação é do profeta Isaías: ‘Criai ânimo, não tenhais medo’ (Is 35, 4). Muitas situações podem levá-los ao desespero, mas sejam fortes! A segunda frase é: ‘Ficai firmes e fortalecei os vossos corações, porque a vinda do Senhor está próxima’ (Tg 5, 8). A palavra de Deus nos pede firmeza e fidelidade”, afirmou Padre Vicente.

 

Após a missa, o grupo retornou à Casa de Retiros para uma avaliação final, na qual foram incentivados a levarem novas sugestões à Província Redentorista. O Pe. Flávio Leonardo convocou os representantes de cada unidade para uma reunião em fevereiro de 2014, oportunidade em que deverão levar propostas para a participação da juventude no Ano de Promoção da Vocação Missionária Redentorista.

 

Na opinião do Pe. Vicente, o encontro fraterno dos jovens celebrou a caminhada de 2013 e vislumbrou novos passos para o próximo ano, dentro da temática do Ano Vocacional. “É uma alegria estar no meio desses jovens animados que querem continuar a obra missionária de Santo Afonso, levando a alegria do Evangelho a todas as comunidades. Parabéns à Juventude Redentorista da Província e a toda equipe que trabalhou neste evento!”, comemorou o Provincial.

Para Nilton Freitas, frequentador do Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Campos dos Goytacazes - RJ), os três dias de retiro foram de intensa espiritualidade e renovação. “Esse encontro renovou meu amor pela comunidade Redentorista e saio daqui hoje levando uma experiência maravilhosa. Eu vim para reafirmar esse amor, essa nova esperança para anunciar a Boa-Nova do Redentor”, disse o jovem.

 

Veja mais fotos!

Please reload

Destaque

Oração pelas Vocações Redentoristas

November 11, 2019

1/10
Please reload

Notícias recentes

Please reload

MÍDIAS SOCIAIS

 

Notícias

Acompanhe todas as notícias do Secretariado Vocacional Redentorista