Encontro destaca desafios da vida religiosa

 

Entre os dias 16 e 18 de março, padres e irmãos da Província Redentorista MG-RJ-ES estiveram reunidos na Casa de Retiros São José, em Belo Horizonte (MG), para o Encontro de Formação Continuada, conduzido pelo Frei Oton da Silva Araújo, OFM, com o tema “A vida religiosa em tempos do Papa Francisco (desafios e perspectivas). Entre meditações, explanações e reflexões em grupo, o Irmão Franciscano da Província de Minas Gerais, Doutor em Teologia Moral pela Academia Alfonsiana de Roma, destacou os desafios da vida religiosa numa sociedade de mudanças drásticas e rápidas, a partir de três documentos da Igreja: o Decreto Perfectae Caritatis (sobre a conveniente renovação da vida religiosa) do Concílio Vaticano II (completando 50 anos); a Carta Apostólica do Papa Francisco para o Ano da Vida Consagrada (celebrado em 2015) e a Carta da Congregação para os Institutos da Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica, também alusiva ao Ano da Vida Consagrada, tudo isso à luz da espiritualidade redentorista. 

 

Segundo Frei Oton, o apelo do Papa Francisco, conclamando a Igreja a atuar nas periferias, se constitui em um grande desafio para a vida religiosa. “Evangelizar num contexto de uma sociedade fragilizada, que coloca o dinheiro em primeiro lugar, é uma dificuldade muito grande. A vida religiosa pressupõe uma vivência fraterna, em comunidade. Talvez o maior desafio seja não perder esta essência, manter uma vida autêntica, que testemunha algo muito maior que tudo isso.” 

 

De acordo com ele, a periferia a que se refere o Papa Francisco não é apenas uma periferia geográfica. “Mas do que isso, é uma questão existencial, ligada a uma forma de aparato social que privilegia o individualismo. E os religiosos precisam e devem nadar contra esta corrente, a partir de uma vivência que privilegia a todos, sem exclusão”. 

 

Para o Secretário de Vida Consagrada da Província, Pe. Nelson Antônio Linhares, C.Ss.R., é preciso acreditar nesta vida consagrada, superando os desafios e crescendo como Província Redentorista. “Hoje, o mundo acentua o individualismo, enquanto nós prezamos a vida comunitária e fraterna. A sociedade exalta o luxo e o poder, enquanto a vida religiosa destaca a partilha e a obediência. As dificuldades existem, principalmente com relação à convivência, à rotina, à crise de vocações, mas depende de cada um de nós viver a vida religiosa em plenitude, enfrentando todas estas dificuldades, renovando e reafirmando a espiritualidade redentorista em nossas comunidades”. 

 

Para o Padre Ronaldo Divino de Oliveira, C.Ss.R., “numa época de rápidas e constantes mudanças que nos impõem uma reflexão mais balizada para compreender os fenômenos destas mudanças, refletir sobre estes fenômenos à luz das ciências capacita cada um de nós para dar uma resposta mais condizente aos questionamentos que nos fazemos. Estudar o documento do Papa Francisco sobre a vida consagrada religiosa é, antes de mais nada, reaquecer o nosso primeiro AMOR. Isto é, reafirmar nossa adesão a Jesus Cristo que, para nós, Missionários Redentoristas, é fonte abundante de redenção.” 

 

O Superior Provincial, Padre Américo de Oliveira, C.Ss.R., avaliou de forma muito positiva o encontro. “Fiquei muito feliz e contente com a participação de nossos confrades. Isso demonstra que estão em sintonia com a Província e desejosos de adquirir novos conhecimentos, aperfeiçoar nossos trabalhos e encontrar novos caminhos. E a formação permanente tem esse objetivo. Além disso, momentos como este nos propiciam estreitar a convivência”. 

 

O sacerdote destacou, ainda, as reflexões conduzidas pelo assessor do encontro. “Olhamos o passado com gratidão, memória agradecida do que já conquistamos e precisamos manter. Enfrentamos os desafios do presente com coragem e audácia, vislumbrando um futuro com esperança”.

 

Veja mais fotos

Please reload

Destaque

Oração pelas Vocações Redentoristas

November 11, 2019

1/10
Please reload

Notícias recentes

Please reload

MÍDIAS SOCIAIS

 

Notícias

Acompanhe todas as notícias do Secretariado Vocacional Redentorista