Entrevista com Dom Lelis Lara

 

 

Recentemente, Dom Lara celebrou 70 anos de Profissão Religiosa na Congregação Redentorista e 90 anos de idade. Motivos não faltam para comemorar e dar graças a Deus pelo dom da vida! Nessa perspectiva, o bispo emérito de Itabira - Coronel Fabriciano compartilha com os leitores do AKIKOLÁ um pouco de sua caminhada.

 

Como o senhor avalia o seu tempo de bispado?

Eu fui ordenado bispo no dia 2 de fevereiro de 1977, há 39 anos, portanto. Desses 39 anos, 19 eu passei como Bispo Auxiliar de Dom Mário Teixeira Gurgel na Diocese de Itabira – Cel. Fabriciano. Durante 6 anos fui Bispo Diocesano na mesma diocese. Há 14 anos sou Bispo Emérito. Avaliação de todo o meu episcopado: Durante 19 anos fui Bispo Auxiliar. É muito raro um bispo permanecer tanto tempo como Auxiliar! O meu caso foi diferente. Dom Mário me perguntou se eu aceitaria ser seu Auxiliar. Eu respondi que estava à disposição da Igreja. Então ele pediu ao Papa que me nomeasse e fui nomeado seu Auxiliar. Daí em diante, cada vez que o Núncio Apostólico pensava em me transferir, eu respondia: “Tudo bem, contanto que se dê um Auxiliar a Dom Mário”. E fui ficando... o Sr. Núncio me ofereceu as Dioceses de Irecê (BA), onde eu seria o 1° Bispo, Bragança Paulista (SP), Nova Iguaçu (RJ) e, por último, Joinville (SC). Dom Mário era muito frágil. Os problemas da Diocese, sobretudo no Vale do Aço, eram muito complexos. Dom Mário ia ao Vale do Aço só em caso de necessidade. Eu era como que o “Bispo”. Ele “assinava em baixo”. Éramos como que duas pessoas em uma. Ele me chamava de seu Cirineu. Os meus 6 anos de Bispo Diocesano devem-se somar aos 19 anos de Auxiliar.

 

Hoje, como bispo emérito, quais são suas atribuições?

O Bispo Emérito pelo Direito Canô- nico não tem nenhuma atribuição específica: não é membro da CNBB. Sendo religioso, não é obrigado aos compromissos da comunidade nem à vida comum. Tem direito de morar em qualquer casa do seu instituto religioso. O Bispo Emérito não é de nenhuma diocese. O nosso Bispo Diocesano Dom Marco Aurélio me concedeu as faculdades de Vigário Geral.

 

Em dezembro de 2015, o senhor completou 90 anos de idade e comemorou com o lançamento de seu livro sobre Direito Canônico e da obra “Dom Lara: Vida de Amor, Testemunho de Caridade”, da jornalista e escritora Margarida Drumond. Como foi essa celebração?

Fiquei profundamente emocionado. Agradeci muitíssimo a Deus e à Mãe de Deus a vida e tudo o que sou e tenho. Agradeço muito a todo o povo pelo carinho e amor. No dia da festa, especialmente na hora da missa solene ao som do órgão, eu estava “anestesiado”, por isso, de muita coisa não me lembro. O senhor tem um gosto especial pelas artes, mais especificamente pela música. Fale um pouco sobre esse dom. Esta questão da música, creio que primeiro há uma espécie de “genética”, principalmente do lado da minha mãe que é de Itapecerica (MG) onde “todo o mundo” é músico! Depois, na minha infância com os franciscanos em Divinópolis... vivia num ambiente impregnado de música... As missas dominicais cantadas em puro canto gregoriano... Os clérigos franciscanos holandeses, excelentes organistas... Aos 10 anos eu já sabia todas as missas de cor... No juvenato redentorista em Congonhas, aos 13 anos ouvi pela primeira vez a 8ª Sinfonia de Beethoven, o que me marcou para o resto da vida.

 

Celebrando 70 anos de Profissão Religiosa na Congregação Redentorista, qual é o sentimento mais forte que marca sua trajetória?

 

O sentimento mais forte é que SOU REDENTORISTA. Por isso é que voltei para morar no convento, sendo que, como Bispo Emérito, poderia morar em qualquer lugar, a expensas da Diocese. Além disso, eu devo toda a minha formação à Congrega- ção, a quem sou eternamente grato. Por tudo isso dou graças a Deus e peço que Deus abençoe todos os meus confrades e a todos que me fizeram algum bem. Glória a Deus! Brenda Melo Juiz de Fora, MG

 

                                                                                        Informativo Província do Rio Akikolá, nº 290 Março de 2016

Please reload

Destaque

Oração pelas Vocações Redentoristas

November 11, 2019

1/10
Please reload

Notícias recentes

Please reload

MÍDIAS SOCIAIS

 

Notícias

Acompanhe todas as notícias do Secretariado Vocacional Redentorista