Nos passos do Redentor

 

Os jovens Vinícius Tinte Mendonça, Marcos Paulo Lopes de Rezende e Robson Araújo dos Santos deram mais um passo importante no processo de formação dentro da Congregação Redentorista – Província do Rio. Em uma Celebração Eucarística emocionante, fizeram a Profissão Religiosa, no último sábado (23), às 18h, na Igreja da Glória, em Juiz de Fora (MG).

 

A celebração foi presidida pelo Superior Provincial, padre Américo de Oliveira, C.Ss.R., e contou com a presença dos padres: Ricardo Alexandre, C.SS.R. (Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro – Juiz de Fora/MG), Alfredo Avelar, C.SS.R., Dalton Barros, C.SS.R. (Paróquia Nossa Senhora da Glória – Juiz de Fora/MG), Vicente Ferreira, C.SS.R. (Formador da Comunidade Vocacional Dom Muniz – Belo Horizonte/MG), José Carlos Campos, C.SS.R. (Basílica de São Geraldo – Curvelo/MG), Paulo Roberto Moraes, C.SS.R. (Paróquia São Sebastião – Coronel Fabriciano/MG), Mauro Carvalhais, C.SS.R. (Paróquia São José – Belo Horizonte/MG), além do frater Jonas Pacheco, C.SS.R., frater Heliomarcos Ferraz, C.SS.R., frater Rodrigo Costa, C.SS.R. e do irmão Maciel (Província de São Paulo). Os seminaristas das Comunidades Vocacionais Santo Afonso e São Clemente, missionários leigos, familiares e amigos juntaram-se à comunidade Redentorista para render graças ao Redentor pela confirmação do “sim” dos neo-professos.

 

Durante a celebração, os jovens confirmaram a vontade de continuar a caminhada na família Redentorista, através dos votos de castidade, pobreza e obediência por três anos. Conforme afirmou padre Américo durante sua homilia, a “Profissão Religiosa é um ponto de partida, a fim de alcançar o objetivo mais importante que é levar a todos a Copiosa Redenção”. O padre provincial lembrou ainda as características que devem se destacar em um Redentorista: caridade, zelo e disponibilidade para as coisas mais difíceis. E completou: - Não se esqueçam que o Redentorista é forte na fé e alegre na esperança.

 

Os familiares de cada jovem participaram da celebração com o coração cheio de alegria. Os pais do neo-professo Vinícius Tinte, Rosilene Tinte e Hernandes Pereira, falam com orgulho do filho que, junto com os outros três, recebeu formação religiosa desde cedo. De acordo com eles, a presença constante de padres na casa da família colaborou na escolha do filho. O pai afirmou que Vinícius é bem centrado e apesar de alguns momentos de questionamento, persistiu na formação. Os pais lembram que o filho sempre afirmava que estava feliz e era isso o que importava para eles. “Sempre estivemos em oração por ele, mas nunca pedimos que ele fosse padre”. Hernandes e Rosilene fizeram questão de lembrar o papel importante de todos os formadores que contribuíram na vida religiosa do filho. O que vislumbram para Vinícius a partir desta nova etapa é um grande caminho, pois acreditam que ele tem a vocação Redentorista.

 

A madrinha do neo-professo Marcos Paulo, Sônia Maria de Oliveira, não conseguiu conter as lágrimas durante a celebração. O jovem vindo da cidade de Iapu (MG), a convite do colega Vinícius, também se envolvia nos movimentos da igreja desde a adolescência. De acordo com Sônia, ele aprendeu a tocar violão, foi para o Grupo de Oração e não saiu mais. Tinha a ideia fixa de ser padre e não desistiu até conseguir entrar na Congregação Redentorista. A madrinha reforça que a satisfação em acompanhar a trajetória do afilhado era muito grande. “Foi a melhor coisa que aconteceu, a entrada dele para a vida religiosa deixou a família mais unida. Ele é muito carismático, é tudo para a família” afirma, orgulhosa.

 

Os jovens seguem agora para a Comunidade Vocacional Dom Muniz, em Belo Horizonte (MG), para fazer os estudos de Teologia. Durante este período, se preparam para a consagração definitiva, com os votos perpétuos. 

 

 

 

 

Please reload

Destaque

Oração pelas Vocações Redentoristas

November 11, 2019

1/10
Please reload

Notícias recentes

Please reload

MÍDIAS SOCIAIS

 

Notícias

Acompanhe todas as notícias do Secretariado Vocacional Redentorista