Nos Passos de São Clemente

Clemente Maria Hofbauer

Nascimento: 26 de dezembro de 1751, em Tasswitz, na Moravia (República Tcheca)

Morte: 15 de março de 1820, em Viena (Áustria)

Beatificação: 29 de janeiro de 1888

Canonização: 20 de maio de 1909

 

O Estatuto Geral Redentorista fala da veneração que prestamos a nossos santos e beatos, entre os quais Afonso, nosso fundador, pai e modelo, seguido imediatamente de “São Clemente, insigne propagador da Congregação”. Na introdução às nossas Constituições e Estatutos, lemos: “Graças principalmente ao trabalho incansável de São Clemente Maria Hofbauer († 1820), homem ornado ‘de admirável vigor de fé e da virtude de invencível constância,’ nossa Congregação propa­gou-se além dos Alpes, em regiões nas quais descobriu novos campos de atuação apostólica, empregando mesmo novas formas de ação missioná­ria, com anuência de Santo Afonso, informado sobre o assunto”.

 

Santo Afonso nos diz que “as vidas dos santos são o Evangelho vivo”. Para nós, Redentoristas, a vida de Clemente Maria Hofbauer é um convite a relembrar nossa história, a meditar sobre ela, e ver Deus em ação nas vi­das de nossos predecessores. Ele nos possibilita ver as ações de Deus em nossas vidas e caminhar com confiança rumo ao futuro ao qual Deus nos chama. Olhando para São Clemente, estamos vendo como ele encarnou a nossa espiritualidade de Redentoristas.

 

Na providência de Deus é Santo Afonso, com seu gênio de fundador e seu carisma e intuição missionários, que pôs os fundamentos sobre os quais Clemente edificou. Ambos, pai e filho, testemunharam o mesmo zelo por Cristo e pelos mais abandonados. Clemente é um verdadeiro continuador de Afonso. Seu coração pulsava ao ritmo da Congregação fundada por Afonso. Viveu pela Congregação e lutou por ela. Estava con­vencido de que sua missão era suscitar muitos missionários que haveriam de proclamar a Copiosa Redenção, sempre segundo a intuição de Afonso.

 

A identidade que a Congregação de Santo Afonso possui hoje é devida em grande parte à contribuição de Clemente Hofbauer, o ardente amante de Deus, o ermitão/apóstolo da primeira hora, de forte personalidade, o arauto da Copiosa Redenção de Jesus Cristo. Ele é justamente reconheci­do como seu insigne propagador. Clemente, de muitos modos, encarna a descrição do Missionário Re­dentorista que está na Constituição 20: “Forte na fé, alegre na esperan­ça, inflamado no zelo, humilde e sempre dado à oração, o Redentorista, como homem apostólico e genuíno discípulo de Santo Afonso, seguindo contente a Cristo Salvador, participa de seu mistério e anuncia-o com evangélica simplicidade de vida e de linguagem, pela abnegação de si mesmo, pela disponibilidade constante para as coisas mais difíceis, a fim de levar a todos a Copiosa Redenção”.

 

Seja São Clemente nosso companheiro e patrono a fim de intensificarmos “o gene­roso dom de nós mesmos, e nos tornarmos colaboradores de Cristo na sua Copiosa Redenção.” (Orientações do XXIII Capítulo Geral, 3).

 

 

Fonte: Secretariado de Formação e Espiritualidade da Vice-Província Redentorista da Bahia

Please reload

Destaque

Oração pelas Vocações Redentoristas

November 11, 2019

1/10
Please reload

Notícias recentes

Please reload

MÍDIAS SOCIAIS

 

Notícias

Acompanhe todas as notícias do Secretariado Vocacional Redentorista