Etapas da formação do Missionário Redentorista

 

 

A caminhada de um Missionário Redentorista tem início com o despertar que o jovem sente, tendo como passo seguinte o acompanhamento vocacional. Geralmente, o vocacionado se interessa pela Congregação vendo um padre Redentorista atuando próximo dele, seja como missionário em determinada comunidade, ou pelas Santas Missões Redentoristas. Na Província do Rio,  o processo formativo começa com o acompanhamento, feito pelo Secretariado de Vocações Redentoristas, situado em Coronel Fabriciano (MG). Após este processo acontecem os Encontros Vocacionais, seguidos pelo Estágio Vocacional, em que o jovem é admitido para começar seu processo de formação. 

 

Comunidade Vocacional Santo Afonso - Juiz de Fora (MG)

Primeira etapa para o jovem que deseja ser um Missionário Redentorista. Na casa os jovens vivem as experiências básicas, buscando o discernimento vocacional.  O foco principal são os momentos intensos de convivência, de espiritualidade e autoconhecimento.  É o período de profunda formação da dimensão intelectual que é encerrado com a conclusão do Ensino Médio.  

 

Comunidade Vocacional São Clemente - Juiz de Fora (MG)

Segunda etapa da formação. Nesta fase os formandos focam os estudos na Filosofia, o que propicia o crescimento pessoal e o surgimento de novos horizontes.  Aqui já começa o engajamento no trabalho pastoral, que é realizado na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no Vale do Floresta (Juiz de Fora - MG).  O formador e formandos buscam o desenvolvimento humano-afetivo, a iniciação à vida espiritual, a consolidação da experiência cristã e da vocação à vida religiosa Missionária Redentorista e o conhecimento sólido e coerente do ser humano, do mundo e de Deus.

 

SPS - Síntese de Experiências Substantivas - Curvelo (MG)

Nesta terceira etapa da formação é dada uma pausa nos estudos, após os estudos de Filosofia e tem como objetivo dar condições ao vocacionado de modelar sua própria vida, como dom de Deus.  A Trilogia “Solidão, Solidez, Solidariedade” dá pistas ao formando para que ele se movimente nas diferentes dimensões da vida. Cada indivíduo terá a possibilidade de fazer revisão de sua história pessoal e refletir sobre o que ainda não foi conquistado. Deste modo, o formando tem a oportunidade de fazer uma síntese pessoal no que diz respeito aos muitos elementos de sua vida. A saber: as potencialidades e limites, a autogestão da vida, o sentimento de pertença à Congregação Redentorista, o conhecimento do mundo em que se vive, a realidade de fé, lidar com o tempo pessoal e a participação em retiros e Assembleias Provinciais (contato com a Província).

 

Noviciado Interprovincial - Tietê (SP)

O Noviciado tem sede na cidade de Tietê em São Paulo, no Seminário Santa Terezinha. Nesta etapa, espera-se que o noviço possa se declarar (e ser confirmado pelo Mestre de Noviços) em processo de trabalho integrador de si mesmo, recapitulando em Cristo sua história de vida e abrindo-se para a obra da evangelização nos moldes das Constituições e Estatutos da Congregação Redentorista e nas linhas orientadoras específicas da Província.

 

Comunidade Vocacional Dom Muniz - Belo Horizonte (MG)

É a comunidade Redentorista dos estudantes de Teologia que já professaram os Votos Temporários (Pobreza, Castidade e Obediência) e se preparam para a Consagração Definitiva, com os Votos Perpétuos em vista do exercício do Ministério Presbiteral ou da Vocação Leiga Consagrada, como Junioristas Redentoristas. Nesta etapa, “os junioristas elaboram melhor a superação das inconsistências que persistem, ampliam o desenvolvimento dos talentos, dão consistência a uma personalidade saudável como componente indispensável para uma vida de consagrados que perseveram.” (Ratio Formationis).

 

 

Fonte: www.provinciadorio.org.br

 

 

Please reload

Destaque

Segundo Noviciado Redentorista

January 22, 2020

1/10
Please reload

Notícias recentes

Please reload

MÍDIAS SOCIAIS

 

Notícias

Acompanhe todas as notícias do Secretariado Vocacional Redentorista