Jubileu de Diamante

 

O Ir. Afonso Cupertino de Barros, C.Ss.R. completou 60 anos de Profissão Religiosa no dia 04 de agosto. Nesta entrevista, cedida ao AKIKOLÁ (edição agosto/2018), o Missionário Redentorista fala sobre sua trajetória na Congregação e o chamado de Deus para servir na vida religiosa como irmão.

 

Como o senhor conheceu os Missionários Redentoristas?

Conheci os Redentoristas em Congonhas. Em 1948, o Pe. Gabriel, diretor do Santuário do Senhor Bom Jesus, hoje atual Basílica Bom Jesus, foi nomeado para construir o convento e a igreja Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em Campos. A família de meu avô e filhos era uma família de pedreiros, construíram os dois conventos de Congonhas, Seminário São Clemente e Seminário Santo Afonso. Foi aí que eu conheci os Missionários Redentoristas.

 

Por que optou em ser irmão?

Pela convivência com os irmãos em Campos sendo coroinha. Comecei com os irmãos em Campos, admirava muito o trabalho, a simplicidade, a humildade, o amor com que eles tratavam as pessoas. Com 16 anos, nasceu em mim o desejo e o sonho de ser um Irmão Redentorista. No dia 4 de agosto de 1956, veio um desejo e um sonho profundo de ser Irmão Redentorista, quando fiz os votos para três anos. Eu falava para mim mesmo: “não é para três anos. É com a graça de Deus para toda minha vida’’. Eu gosto de ser Irmão Redentorista, sempre gostei. Eu luto com as minhas limitações para ser um verdadeiro Irmão Redentorista, a exemplo de São Geraldo.

 

Quais foram os lugares onde percorreu na Província?

Passei por Juiz de Fora - Floresta, Congonhas, Belo Horizonte e Coronel Fabriciano, onde moro.

 

Ao completar 60 anos como Irmão Redentorista, como avalia seu caminho percorrido até aqui?

Esses 60 anos de vida religiosa eu vivi com muita alegria, lutas, trabalhos, limitações e virtudes, com esse grande desejo de viver em comunhão, com sabedoria, sensibilidade e amor. Valeu viver esses 60 anos de vida religiosa. Peço ao bom Deus e a Mãe do Perpétuo Socorro a graça de perseverar até o fim dos meus dias. Sendo ajudado pelos confrades, pela convivência que tenho com todos. Sinto que tenho uma boa convivência, e procurei viver com todos com muita alegria, simplicidade e amor. Espero com a graça de Deus e da Mãe do Perpétuo Socorro, realizar o meu sonho de perseverar até a morte na Congregação. Espero realizar meu sonho de ser Irmão Redentorista.

 

Deixe uma mensagem para os jovens que desejam seguir a vida religiosa.

Você, jovem, que deseja seguir a vida religiosa mais perto de Jesus, venha e veja! Procure realizar seu sonho de ser padre ou religioso. Lute pelo seu sonho, vale a pena! Não desanime nunca de seu sonho de ser Missionário, seja como padre ou religioso. Termino com um pensamento de Santo Agostinho: “Falem ou pensem o que quiserem. Eu sou o que sou perante Deus; se me elogiam não fico melhor. Se me censuram não fico pior”.

 

Fonte: www.provinciadorio.org.br

 

 

Please reload

Destaque

Música: Instrumento de Evangelização

November 22, 2019

1/10
Please reload

Notícias recentes

Please reload

MÍDIAS SOCIAIS

 

Notícias

Acompanhe todas as notícias do Secretariado Vocacional Redentorista