Setembro, o mês da Bíblia

Lectio Divina

 

A Bíblia Sagrada contém a Palavra de Deus dirigida aos homens. São palavras que demonstram o amor do Senhor por todos e por cada um em particular. Palavras que foram escritas por mãos humanas, mas inspiradas pelo Espírito Santo. E palavras que devem ser compreendidas pelo mesmo Espírito que a inspirou.

 

A leitura da Palavra do Senhor não deve ser feita da mesma forma que é feita a leitura de um romance, de uma história ou de uma ficção. A Palavra de Deus é transformadora e inspira o leitor a uma conversão, à mudança de vida. Por isso, a melhor forma de ler as Escrituras é por meio de uma leitura orante. 

 

A Igreja nos ensina a Lectio Divina, uma prática de leitura orante, que deve ser feita diariamente para que a Palavra do Senhor penetre no coração do leitor e produza os efeitos necessários.

 

Você sabe fazer a Lectio Divina? É bem simples. Antes de iniciar, faça uma oração e peça o auxílio do Espírito Santo. Pode rezar essa oração: 

 

“Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. - Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado; e renovareis a face da terra. Ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas e gozemos sempre da sua consolação. Por Cristo Senhor nosso. Amém”.

 

Agora, vamos aos passos da Lectio Divina:

 

#1 LEITURA 

 

Leia com atenção um trecho da Bíblia. Pode ser da liturgia do dia ou algum trecho que você tenha escolhido para o seu momento de oração. O mais importante é procurar descobrir os detalhes que estão naquela narrativa: quem são os personagens, a situação vivida, qual foi a reação deles àquela Palavra ouvida. Busque entender o contexto. Leia e releia, se for preciso.

 

#2 MEDITAÇÃO

 

Após ler com atenção, pense: “O que essa Palavra diz para mim? Em que ela me tocou?”. Este é o momento de você refletir sobre a Palavra, até mesmo ruminar aquele texto. Buscar um sentido novo, colocar-se diante da Palavra como quem seja o destinatário daquela mensagem. É momento de entender que a Palavra de Deus foi escrita para você, de modo pessoal. 

 

#3 ORAÇÃO

 

Quando você se colocar diante da Palavra, a oração virá naturalmente. A oração é fruto dessa meditação. Aquilo que você pensou na meditação, deve se transformar em súplica, em louvor ao Senhor. É o momento de clamar a Deus para que você dê uma resposta concreta a Ele, com a sua vida, por meio do ensinamento das Escrituras. 

 

É importante que você se sinta livre. Deixe que o Espírito Santo conduza a oração, seja uma súplica, uma intercessão ou um louvor. Não se prenda a orações formuladas ou busque palavras bonitas. É um momento entre você e Deus. Fale o que você sente, deixe Deus te ouvir.

 

#4 CONTEMPLAÇÃO

 

Depois que você fala, é momento de ouvir ao Senhor. Fique em silêncio, em paz. Ele dará a resposta aos seus questionamentos. Permita que o Espírito Santo de Deus te conduza neste momento de contemplação, sinta a presença d’Ele contigo e permaneça na presença d’Ele. 

 

 

Fonte: Blog Ave Maria

Please reload

Destaque

Oração pelas Vocações Redentoristas

November 11, 2019

1/10
Please reload

Notícias recentes

Please reload

MÍDIAS SOCIAIS

 

Notícias

Acompanhe todas as notícias do Secretariado Vocacional Redentorista